Conectar

SEJA BEM VINDO AO PORTAL OFICIAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTO ALEGRE DO MARANHÃO.

diario oficial contra-cheques 2 e-Protocolo editais licitacoes
portal transparencia e sic
ouvidoria dados municipio
historico

Nossa História

ALTO ALEGRE DO MARANHÃO

A história de Alto Alegre do Maranhão-MA, tem início em 1898, dez anos após a libertação dos escravos, com a chegada ao lugar do Cearense de Poço Dantes (atual Crato) o Sr. Raimundo Pereira Pequeno.

A origem do nome de acordo com a versão contada pelo neto de Seu Raimundo Pereira Pequeno foi devida a localização do lugar, em um lugar alto e devido à alegria do cearense, homem festeiro e animado, derivando daí o nome de Alto Alegre.

Seu Raimundo era um homem muito trabalhador, depois de um tempo ele se casou com Dona Isabel Pereira, natural de Pedro II no Piauí, com o qual teve dois filhos: Jovino Pereira Pequeno e Jose Pereira Pequeno. Nascido na Fazenda Roncador, os filhos foram criados no canavial fundado pelo pai Raimundo, que começou a produzir mel, açúcar, rapadura e cachaça de boa qualidade graças a experiência adquirida em Poço Dantes, seu lugar de origem.

Com a prosperidade do lugar chegaram a Alto Alegre os irmãos Virgílio e Zeca Palhano, ambos os engenheiros da estrada de ferro e que se diziam donos das terras no qual morava o Sr. Raimundo. Segundo os engenheiros a estrada de ferro de São Luís-MA a Teresina-PI iria passar por dentro das terras de Raimundo Pereira Pequeno, por isso pediam que seu Raimundo se retirasse das terras juntos com seus agricultores e os negros escravos que lá trabalhavam.

A partir de um acordo com o Sr. Raimundo Pereira Pequeno e os Latifundiários, ficou assim acertado que a Fazenda Roncador continuaria nas mãos dos ocupantes até que chegassem os trilhos e a mão-de-obra a ser utilizado seria dos negros escravos da própria fazenda do próprio fundador do lugar Sr. Raimundo P. Pequeno.

Para alegria geral a estrada foi desviada de Alto Alegre para Coroatá-MA mudando os planos dos irmãos Palhano que revoltados resolveram doar as terras ao Sr. Raimundo Pequeno afim de que ele continuasse o seu serviço pioneiro para o crescimento do lugar.

Elevado à categoria de Líder do Distrito o Sr. Raimundo Pequeno que inicia um grande movimento para criar o nome do município que se chamou Alto Alegre.

O cearense criou escola no lugar e conseguiu trazer para Alto Alegre professores voluntários, o primeiro a chegar ao local foi Dona Doca Lobo, irmã de Quilon Lobo que foi a pioneira, depois entre 1936 a 1940 chegaram os professores Antônio Tavares, Antônio Clarindo e Raimundo Machado, e em 1941 chega a Alto Alegre a professora Maria Natércia Lemos, pioneira como professora pública do lugar ela trabalhou como professora pelo estado e do município e depois foi diretora do Colégio Eurico Ribeiro que hoje é o Colégio José Ribamar Marão.

Com a sua visão futurista do povoado, em 1915 o Sr. Raimundo Pequeno convida os comerciantes Uahdy Maia e Guilherme Jansen Pereira para conhecer Alto Alegre, a fim de que eles estudassem a possibilidade de investir no povoado como comerciantes, ambos aceitam o convite.

E em 1918 eles começam a montar seus negócios em Alto Alegre, Uahdy monta um grande atacado e Guilherme uma loja de venda de carros e uma loja de tecidos. Esperto, depois de algum tempo utilizando as terras para o estabelecimento de seus negócios, Guilherme Jansen aconselhado pelo seu advogado passou a ganhar o direito de posse de 24mil hectares de terra do município, tornando assim o mais novo milionário de Alto Alegre e tornou-se dono de grande parte do povoado.

As terras de Guilherme Jansen começam a se valorizar e surgem os interessados em adquiri-las. O primeiro a se interessar foi Raimundo Nonato Vieira (o Natinho) um dos maiores empresários da época, que ouve uma época que Alto Alegre era conhecido como: Alto Alegre do Natinho.

Outro a se interessar pelas terras foi Uahdy Maia no auge da negociação, Raimundo Jansen Veiga, primo de Guilherme, eles não queriam que Natinho adquirisse as terras, ofereceu-as a um forte empresário da época, Jose Marão. Natinho inclusive foi o fundador econômico do município, responsável pelos primeiros investimentos privados.

Após conhecer as terras o empresário, homem forte da Cinorte, Concessionária da General Motors, adquire 24 hectares de terras de Guilherme Jansen. Algum tempo depois, com a morte de Uahdy, a viúva vende as terras de seu marido, adquiridas judicialmente, para Dona Lindalva Marão.

Passado algum tempo, Guilherme Jansen decide ingressar na política candidatando a vereador por Coroatá-MA, cargo em que permaneceu por 20 anos, não conseguindo entretanto elevar o crescimento de alto alegre, de acordo com o fundador da cidade. Após os 20 anos de mandato, Guilherme Jansen e vencidos nas urnas por José de Ribamar Rodrigues Maia, sobrinho de Uahdy Maia, que se candidatou a vereador por Coroatá-MA.

Eleito o vereador construiu o mercado e a capela São Francisco das Chagas e São Benedito na Rua das Pedrinhas aqui em Alto Alegre, em 1969 José de Ribamar tenta se reeleger como vereador mais o chefe político de Coroatá-MA no governo de Sarney o Victor Trovão impede a sua candidatura por que o candidato apoiava Costa Rodrigues, e sem conseguir uma legenda que o apoiasse José de Ribamar fica fora da política e ele desgostoso vende seu comercio em Alto Alegre e foi morar em Coroatá-MA, falido e deprimido, José de Ribamar morre poucos tempos depois.

1ª ELEIÇÃO DE ALTO ALEGRE DO MARANHÃO

O primeiro prefeito do município foi Benedito Ferreira Pires Segundo ele nasceu em 9 de abril de 1935 na cidade de Rosário, filho de João Mamedes Pires e Raimunda Ferreira Pires. Em 15 de Janeiro 1957 casou com Alice Carvalho Pires com quem teve três filhos: João Mamede Pires Neto, Luís Fernando Carvalho Pires e Sergio Luís Carvalho Pires.

Ditinho assim como era conhecido em Alto Alegre chegou a residir no mês de Janeiro de 1983.

Certa vez Ditinho ficou impressionado com um funeral que ouve em Alto Alegre no qual o corpo era conduzido sobre uma esteira feita de palha de babaçu, daí ele chamou alguém da família do morto e deu-lhe um caixão ao morto, pois ele não permitiria que ninguém fosse enterrado sem dignidade e daí então ele passou a financiar todos os custos de todos os funerais dali de Alto Alegre, ele também passou a ajudar qualquer necessitado, passou a dar assistência aos pobres com cestas básicas e remédios e também a ajudar os lavradores de Alto Alegre.

E através de José Rodrigues secretário de governo de São Luís-MA e ex-candidato a prefeito de Coroatá, ele indicou Ditinho para concorrer ao cargo de vereador, mais ele rejeitou a proposta, e Jose Rodrigues pede ajuda ao Renato Ancher que dirigia o PMDB para convencer Ditinho a aceitar o convite e daí Ditinho aceitou e se candidatou sem fazer campanha e se elegeu a vereador de Coroatá – MA em 1992.

Em 1994 Ditinho é eleito a vice prefeito de Coroatá – MA e presidente da Câmara Municipal. Em 10 de novembro de 1994 foi apresentado a Assembléia Legislativa do Estado da presidência do Deputado Carlos Braide a emancipação política e administrativa de Alto Alegre. Em 17 de setembro de 1996 após uma polemica tramitação pela Assembléia que culminou com uma ação de Inconstitucionalidade proposta pelo Ministério Público Federal através do Procurador da República Dr. Nicolau Dino o processo de emancipação dos 86 municípios no qual saíram vitoriosos no Tribunal Regional Eleitoral retornando para a Assembléia com aprovação da lei de nº 6.168 de 10 de novembro de 1996, para uma eleição em 3 de outubro do mesmo ano e instalação do município em 1 de janeiro de 1997.

E em 3 de outubro 1996 Ditinho vence as eleições para prefeito de Alto Alegre, e a princípio a Corregedoria Geral da Justiça do Estado manteve a cidade de Alto Alegre como termo judiciário da comarca de Coroatá-MA e em 1999 para Bacabal-MA e em 2000 atendendo a Legislação o município torna – se termo de São Mateus do Maranhão.  E na segunda eleição de 2000-2004 Ditinho ganhou novamente nas eleições para prefeito.

E em 2004-2008 Ditinho perdi para o Dr. Liorne Branco de Almeida Junior genro de Ricardo Murad e nas eleições de 2008-2012 Liorne ganha novamente o seu segundo mandato como prefeito de Alto Alegre. Em 2012 o ex prefeito Liorne a perdeu a eleição para o Maninho de Alto Alegre que hoje é o atual prefeito do município. Já em 2016, Maninho conseguiu sua reeleição e ficará no comando do município até 2020.

Segundo o IBGE de 2010 Alto Alegre hoje tem 24.599 habitantes. Em 10 de Novembro de 2016 Alto Alegre do Maranhão faz aniversário de 20 anos.

rodape